O aluno estuda matérias relacionadas aos conhecimentos tecnológicos básicos de engenharia,
assim como economia, gestão de pessoas, qualidade, meio ambiente, e etc. Diferente do que
muitos pensam, o curso de engenharia de produção não se torna superficial, apesar de não estudar
com a mesma profundidade que outros engenheiros as matérias técnicas, o aluno desse curso é
preparado para a realidade da indústria e para enxergar os problemas de forma global. O graduado
estará apto para buscar uma solução dentro das diversas áreas do conhecimento que se apropriar
durante o curso.

Tudo que se refere a métodos gerenciais, métodos de melhoria da eficiência das empresas, utilização
de sistemas de controle de processos, planejamento de compras, planejamento de produção e
distribuição de produtos compete ao Engenheiro de Produção, por isso ele pode trabalhar praticamente
em qualquer ramo da indústria.

Com todas essas informações apresentadas, compreende-se que a engenharia de produção pode ser
dividida em algumas áreas que segundo a ABEPRO são: Engenharia de Operações e Processos,
Logística, Pesquisa Operacional, Engenharia da Qualidade, Engenharia do Produto, Engenharia
Organizacional, Engenharia Econômica, Engenharia do Trabalho, e Engenharia da Sustentabilidade.

Considerando a atual situação da engenharia no Brasil, a Engenharia de Produção desfruta de uma
boa situação, pois o mercado está demandando profissionais com perfil que coincidem com o do
profissional formado por esse curso: base científica sólida e visão geral do mercado. Além da área
industrial, outras áreas que vem demandando o Engenheiro de Produção como: Área Financeiro,
de Telecomunicações, de Informática, Atuária, entre outras.

Para mais informações, visite o site da ABEPRO (http://www.abepro.org.br).


Duração: 5 anos

Turno: manhã e tarde

Vagas: 60

Local: Campus Centro Politécnico

E-mail: engprodufpr@gmail.com

Site: www.engprod.ufpr.br

 

 

VOLTAR PARA O ÍNDICE