Química – Curitiba
Sobre o curso Perfil História do curso Vagas Saiba mais Palestra Contato Vestibular Homepage Voltar Cursos relacionados

Sobre o curso

Objetivos:
Bacharelado Integral: tendo em vista o perfil, as habilidades e as competências do egresso, as atividades profissionais regulamentadas pela legislação pertinente e as áreas que lhe são facultadas atuar no mercado de trabalho, o Curso de Bacharelado em Química da UFPR tem como objetivo geral garantir uma ampla fundamentação teórico-prática sobre as diversas áreas da química e suas relações com o meio ambiente, a sociedade, o cotidiano e a vida.

Licenciatura na modalidades Integral e Noturno: os cursos de Licenciatura em Química da UFPR têm como objetivo geral formar professores de Química para atuar no ensino médio, numa perspectiva de articulação do domínio de conhecimentos químicos e pedagógicos com o comprometimento de desenvolvimento humano e social que a atividade docente representa para crianças, adolescentes e jovens, no sentido de uma inserção mais bem informada, crítica e reflexiva das novas gerações nos sistemas de produção cultural e material.

Características:
Bacharelado Integral: curso de Bacharelado em Química da UFPR tem como objetivo geral garantir uma ampla fundamentação teórico-prática sobre as diversas áreas da química e suas relações com o meio ambiente, a sociedade, o cotidiano e a vida. Tomando como base, os seguintes princípios para a contribuição do profissional em química:

  • A formação de profissionais reflexivos e aptos para o exercício profissional, conforme as atribuições e competências desenvolvidas ao longo do curso;
  • A formação, com competência e qualidade, de profissionais articulados com os problemas atuais da sociedade;
  • O desenvolvimento do espírito científico, reflexivo e ético do aluno, estimulando o profissional para a reflexão sobre os problemas sociais e ambientais de abrangência local, regional e mundial;
  • O fornecimento de conhecimento geral dos aspectos regionais, nacionais e mundiais, nos quais estão inseridos conhecimentos químicos e que são objetos de trabalho do profissional;
  • O oferecimento de uma sólida formação teórica e prática de conceitos fundamentais da profissão, propiciando uma atuação crítica e inovadora; e
  • O fornecimento de subsídios para que os estudantes se tornem também capazes de tratar o ensino, a pesquisa e a extensão como elementos indissociáveis.

Licenciatura nas modalidades Integral e Notuno: com a atualização curricular pretende-se alcançar um perfil profissional para o egresso dos cursos de Licenciatura em Química que atenda as atribuições legais dos Licenciados em Química de nível superior expressas nas Diretrizes Curriculares da área (Parecer CNE/CES no. 1/2015), esperando que estes demonstrem estar aptos, principalmente a:

  • atuar com ética e compromisso com vistas à construção de uma sociedade justa, equânime, igualitária;
  • compreender o seu papel na formação dos estudantes da educação básica a partir de concepção ampla e contextualizada de ensino e processos de aprendizagem e desenvolvimento destes, incluindo aqueles que não tiveram oportunidade de escolarização na idade própria;
  • trabalhar na promoção da aprendizagem e do desenvolvimento de sujeitos em diferentes fases do desenvolvimento humano nas etapas e modalidades de educação básica;
  • dominar os conteúdos específicos e pedagógicos e as abordagens teórico-metodológicas do seu ensino, de forma interdisciplinar e adequada às diferentes fases do desenvolvimento humano;
  • relacionar a linguagem dos meios de comunicação à educação, nos processos didático-pedagógicos, demonstrando domínio das tecnologias de informação e comunicação para o desenvolvimento da aprendizagem;
  • promover e facilitar relações de cooperação entre a instituição educativa, a família e a comunidade;
  • identificar questões e problemas socioculturais e educacionais, com postura investigativa, integrativa e propositiva em face de realidades complexas, a fim de contribuir para a superação de exclusões sociais, étnico-raciais, econômicas, culturais, religiosas, políticas, de gênero, sexuais e outras;
  • demonstrar consciência da diversidade, respeitando as diferenças de natureza ambiental-ecológica, étnico-racial, de gêneros, de faixas geracionais, de classes sociais, religiosas, de necessidades especiais, de diversidade sexual, entre outras;
  • atuar na gestão e organização das instituições de educação básica, planejando, executando, acompanhando e avaliando políticas, projetos e programas educacionais;
  • participar da gestão das instituições de educação básica, contribuindo para a elaboração, implementação, coordenação, acompanhamento e avaliação do projeto pedagógico;
  • realizar pesquisas que proporcionem conhecimento sobre os estudantes e sua realidade sociocultural, sobre processos de ensinar e de aprender, em diferentes meios ambiental-ecológicos, sobre propostas curriculares e sobre organização do trabalho educativo e práticas pedagógicas, entre outros;
  • utilizar instrumentos de pesquisa adequados para a construção de conhecimentos pedagógicos e científicos, objetivando a reflexão sobre a própria prática e a discussão e disseminação desses conhecimentos;
  • estudar e compreender criticamente as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica, além de outras determinações legais, como componentes de formação fundamentais para o exercício do magistério.

O que você irá encontrar?
Bacharelado Integral: o perfil do curso de Química da UFPR na modalidade Bacharelado está embasado nos seguintes princípios norteadores:

  • Seleção de conteúdos contemplando as exigências do perfil do egresso e considerando os problemas, demandas e perspectivas atuais da sociedade e do meio ambiente e a legislação vigente;
  • Estabelecimento do tratamento metodológico de ensino que garanta as competências exigidas para o exercício da profissão, desenvolvidas em suas dimensões conceitual (teorias, informações, conceitos), procedimental (na forma do saber fazer) e atitudinal (valores e atitudes);
  • Estabelecimento de clima dialógico respeitoso em sala de aula, com espaço para expressiva participação dos alunos, indicação de suas dúvidas, formas de compreensão e incompreensões;
  • Garantia de uma ampla formação multi e interdisciplinar, com distribuição do conhecimento científico ao longo de todo o curso, devidamente articulado e levando em conta a natureza e a evolução epistemológica dos modelos explicativos dos materiais e processos químicos;
  • Favorecimento da flexibilidade curricular, de forma a contemplar interesses e necessidades específicas dos alunos e operacionalização desta sob a forma de unidades curriculares de livre escolha na Instituição, em outras IFES ou elencadas pelo Colegiado;
  • Garantia de um ensino problematizado e contextualizado, assegurando a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão;
  • Garantia de formação de competência na produção do conhecimento com atividades que levem o aluno a procurar, interpretar, analisar e selecionar informações, identificar problemas relevantes, realizar experimentos e projetos de pesquisa e de ensino;
  • Integração permanente entre teorias, fenômenos (e práticas) e linguagem química como eixo articulador da produção do conhecimento, favorecendo atividades de laboratório com adequada instrumentação-técnica para a realização das mesmas;
  • Articulação entre conceitos e contextos, entre abordagens micro e macroscópicas, qualitativa e quantitativa e entre tratamento conceitual e contextualização dos temas químicos, tendo em vista uma concepção sistêmica e aplicada da Química;
  • Estímulo às atividades curriculares e extracurriculares como iniciação científica, monitoria, extensão universitária, estágios obrigatórios e voluntários, participação em encontros científicos, minicursos, grupos PET entre outras;
  • Adoção de um regime semestral, com sistema de unidades curriculares organizadas em módulos com múltiplos de 15 horas-aulas e duração de 15 semanas cada, com exceção permitida para atividades especiais e estágios supervisionados, considerando a hora-aula com duração de sessenta (60) minutos;
  • Adoção de um sistema de avaliações de rendimento escolar que sejam realizadas no decorrer das unidades curriculares, que privilegie a aprendizagem e o diagnóstico, que identifique não somente a quantidade de conhecimentos adquiridos, mas também a capacidade do aluno de acioná-los e de buscar outros conhecimentos. O sistema de avaliações deve subsidiar o docente a diagnosticar problemas, redefinir rumos e aferir resultados em relação aos objetivos propostos e auxiliar o aluno a traçar seu percurso de aprendizagem e organizar ações, identificando suas deficiências e grau de engajamento pessoal.
  • Integralização da carga horária em tempo médio de quatro anos e seis meses para a modalidade de bacharelado.

Licenciatura nas modalidades Integral e Notuno: os cursos de Licenciatura em Química da UFPR se fundamentam na promoção de uma educação de qualidade, primando pela formação do cidadão, do ser humano emancipado, que seja capaz de pensar e agir com coerência frente à sociedade contemporânea, cada vez mais complexa e desafiadora.

As escolhas e decisões didático‐pedagógicas dos cursos de Licenciatura em Química da UFPR (matutino/vespertino e noturno) foram orientadas pelos princípios éticos (dignidade humana, justiça, respeito mútuo, participação, responsabilidade, diálogo e solidariedade) e políticos coerentes com a profissão que irão exercer.

Também, serão estimuladas outras atividades curriculares e extracurriculares de formação, entre elas: iniciação científica (IC) na área de Ensino, programa Licenciar, programa de educação tutorial (PET), programa de iniciação à docência (PIBID), monitoria (PID), participação em projetos de extensão, participação em eventos, estágios, disciplinas eletivas, etc.

O curso foi pensado no sentido de contribuir para que o aluno, além de dominar os conceitos e se instrumentalizar para o exercício de sua profissão, seja um indivíduo capaz de valorar e dar sentido a tudo o que o cerca, de estabelecer relações sociais, políticas, econômicas e éticas.

O licenciado em Química, não deverá ter apenas uma formação voltada para o atendimento das demandas do exercício profissional específico, mas deve saber mobilizar seus conhecimentos, transformando‐os em ação responsável, ou seja, é fundamental que, além de compreender as questões envolvidas em seu trabalho, sua identificação e resolução, que o mesmo tenha autonomia para tomar decisões com responsabilidades pelas opções feitas.

Perfil

Estudante:
gif de um desenho animado, em que há uma mesa repleta de aparelhos e materiais de laboratório e, atrás da mesa, o rosto de um garotinho de óculos olhando animado para os experimentos

Bacharelado Integral: competências e habilidades esperados para o aluno do curso:

  • Direção, supervisão, programação, coordenação, orientação e responsabilidade técnica no âmbito de suas atribuições respectivas;
  • Assistência, assessoria, consultoria, elaboração de orçamentos, divulgação e comercialização no âmbito das atribuições respectivas;
  • Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento de serviços técnicos, elaboração de pareceres, laudos e atestados, no âmbito das atribuições respectivas;
  • Exercício do Magistério, respeitada a legislação específica;
  • Desempenho de cargos e funções técnicas, no âmbito das atribuições respectivas;
  • Ensaios e pesquisas em geral, pesquisas e desenvolvimento de métodos e produtos; e
  • Análises química e físico-química, químico-biológica, bromatológica, toxicológica, biotecnológica e legal, padronização e controle de qualidade.

Licenciatura nas modalidades Integral e Noturno: competências e habilidades esperados para o aluno do curso:

  • atuar com ética e compromisso com vistas à construção de uma sociedade justa, equânime, igualitária;
  • compreender o seu papel na formação dos estudantes da educação básica a partir de concepção ampla e contextualizada de ensino e processos de aprendizagem e desenvolvimento destes, incluindo aqueles que não tiveram oportunidade de escolarização na idade própria;
  • trabalhar na promoção da aprendizagem e do desenvolvimento de sujeitos em diferentes fases do desenvolvimento humano nas etapas e modalidades de educação básica;
  • dominar os conteúdos específicos e pedagógicos e as abordagens teórico-metodológicas do seu ensino, de forma interdisciplinar e adequada às diferentes fases do desenvolvimento humano;
  • relacionar a linguagem dos meios de comunicação à educação, nos processos didático-pedagógicos, demonstrando domínio das tecnologias de informação e comunicação para o desenvolvimento da aprendizagem;
  • promover e facilitar relações de cooperação entre a instituição educativa, a família e a comunidade;
  • identificar questões e problemas socioculturais e educacionais, com postura investigativa, integrativa e propositiva em face de realidades complexas, a fim de contribuir para a superação de exclusões sociais, étnico-raciais, econômicas, culturais, religiosas, políticas, de gênero, sexuais e outras;
  • demonstrar consciência da diversidade, respeitando as diferenças de natureza ambiental-ecológica, étnico-racial, de gêneros, de faixas geracionais, de classes sociais, religiosas, de necessidades especiais, de diversidade sexual, entre outras;
  • atuar na gestão e organização das instituições de educação básica, planejando, executando, acompanhando e avaliando políticas, projetos e programas educacionais;
  • participar da gestão das instituições de educação básica, contribuindo para a elaboração, implementação, coordenação, acompanhamento e avaliação do projeto pedagógico;
  • realizar pesquisas que proporcionem conhecimento sobre os estudantes e sua realidade sociocultural, sobre processos de ensinar e de aprender, em diferentes meios ambiental-ecológicos, sobre propostas curriculares e sobre organização do trabalho educativo e práticas pedagógicas, entre outros;
  • utilizar instrumentos de pesquisa adequados para a construção de conhecimentos pedagógicos e científicos, objetivando a reflexão sobre a própria prática e a discussão e disseminação desses conhecimentos;
  • estudar e compreender criticamente as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica, além de outras determinações legais, como componentes de formação fundamentais para o exercício do magistério.

Profissional:
gif de um laboratório repleto de equipamentos, em que uma mulher de jaleco branco e luvas roxas está analisando um material em cima da mesa

Bacharelado Integral: consoante com as orientações expressas nas Diretrizes Curriculares da área (Parecer CNE/CES 1303/2001 e Resolução CNE/CES 8/2002) e com as indicações do Conselho Federal de Química (Resolução Normativa 36/1974) o Bacharel em Química deve ter formação generalista e aprofundada, com domínio das técnicas básicas de utilização de laboratórios e equipamentos, com condições de complementar sua formação através de estudos em nível de pós-graduação (lato sensu e strictu sensu), bem como de atuar nos campos de atividades socioeconômicas que envolvam as transformações da matéria; direcionando essas transformações, controlando os seus produtos, interpretando criticamente as etapas, efeitos e resultados; aplicando abordagens criativas à solução dos problemas e desenvolvendo novas aplicações e tecnologias.

Licenciatura nas modalidades Integral e Noturno: o perfil profissional está caracterizado por alguns importantes fatores:

  • Ter consciência da importância social da profissão como possibilidade de desenvolvimento social e coletivo;
  • Ter capacidade de disseminar e difundir e/ou utilizar o conhecimento relevante para a comunidade;
  • Ter habilidades que o capacitem para o desenvolvimento de recursos didáticos e para a avaliação da qualidade do material disponível no mercado, além de ser preparado para atuar como professor pesquisador e auto reflexivo no ensino de Química.

Área de Atuação:

  • Atuar no magistério, em nível de ensino fundamental e médio, de acordo com a legislação específica, utilizando metodologias de ensino variadas, contribuindo para o desenvolvimento intelectual dos estudantes e para despertar o interesse científico em adolescentes; organizando e usando laboratórios de Química; escrevendo e analisando criticamente livros didáticos e paradidáticos e indicando bibliografia para o ensino de Química; analisando e elaborando textos e programas para esses níveis de ensino;
  • Exercer a sua profissão com espírito dinâmico, criativo, na busca de novas alternativas educacionais, enfrentando como desafio as dificuldades do magistério;
  • Conhecer criticamente os problemas educacionais brasileiros, a partir da análise da História da Educação Brasileira e da Legislação vigente, especificamente no Ensino de Ciências/Química.

História do curso

O atual Curso de Química da UFPR foi criado em 26/02/1938, juntamente com a fundação da antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Paraná. Foi reconhecido pelo Decreto Federal nº 5756 de 04/06/1940. Em seus 82 anos de existência, têm consolidado o seu reconhecimento no Estado do Paraná como formador de profissionais Químicos de nível superior com atuação principalmente na área industrial e na rede pública e privada de ensino.

O Curso conta atualmente em torno de 483 estudantes matriculados e oferta anualmente 66 vagas para o curso de Bacharelado e Licenciatura em Química (turno matutino e vespertino) mediante ingresso por meio de vestibular e do sistema de seleção unificado (SISU), com entrada única para as duas modalidades. O prazo médio de conclusão para as duas modalidades é de cinco anos. A carga horária total do Bacharelado e Licenciatura Integral é de 3230 horas. O curso também oferta na modalidade Licenciatura, o turno Noturno, sendo disponibilizada anualmente 40 vagas, também pelo sistema de entrada única, e o prazo médio para conclusão é de cinco anos, e carga horária total de 3230 horas.

Vagas

Saiba mais

Selo “Aqui Tem”: este curso possui Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), Residência Pedagógica (RP), Programa de Educação Tutorial (PET), Programa Institucional de Monitoria e Programa de Voluntariado Acadêmico (PVA).

Temos programas de Iniciação Científica, Grupos de Pesquisa atuantes nas diversas áreas da química: analítica; físico-química; orgânica, inorgânica e ensino em química. Além de projetos de extensão coordenados por professores do departamento. O curso também conta com a Empresa Júnior: Isomeria – Soluções em Química.

Palestra

Contato

E-mail:

coordenacao.quimica@ufpr.br


Telefone:
 

(41) 3361-3185


Site:

www.quimica.ufpr.br/paginas/graduacao


Local:

Campus Politécnico

Av. Cel. Francisco H. dos Santos, 100
Jardim das Américas, Curitiba – PR

Vestibular

Homepage

Voltar

*Dados fornecidos pela Coordenação do Curso e pela Pró-reitoria de Graduação (Prograd), sujeitos a alteração sem aviso prévio. Para fins legais, e para qualquer divergência de informação, vale o que está disposto nos editais oficiais do Processo Seletivo 2020/2021 publicados pelo Núcleo de Concursos.

Escolheu seu curso?! Então baixe seu certificado e compartilhe no Instagram e no Facebook!

Compartilhe esta página nas redes sociais!
Universidade Federal do Paraná
UFPR: Cursos e Profissões

Rua XV de Novembro, 1299 - Centro
80.060-000 | Curitiba | PR
+55(41) 3360-5000
Redes Sociais - Feira de Cursos e Profissões
Universidade Federal do Paraná
UFPR: Cursos e Profissões

Rua XV de Novembro, 1299 - Centro
80.060-000 | Curitiba | PR
+55(41) 3360-5000

Feira de Cursos e Profissões nas Redes Sociais